7 conselhos para decifrar a mente dos homens

A mente dos homens é um mistério para as mulheres, pois não devia. Por tal motivo, podem surgir alguns problemas na relação de um casal, já que em algumas ocasiões mostram-se frios, demoram a expressar as verdadeiras emoções e nem sempre são tão carinhosos e emotivos como uma mulher deseja. Mas isso não significa que exista menos amor.

O entendimento é a chave para fazer com que uma relação amorosa seja bem sucedida e para nos ajudar a entender os homens, veja os sete pontos que uma mulher deveria saber para entender o seu parceiro.

Amor. Os homens não têm a mesma forma de amar, às vezes são frios e poucas vezes dizem “eu te amo“, mas quando um homem – pronunciar esta frase é porque está 100% seguro da relação, é um claro indício de que está totalmente apaixonado e que com certeza gostaria de passar o resto da vida (ou pelo menos enquanto dure o amor) ao lado da parceira.

Compromisso. Não é que não queiram se comprometer com uma mulher, simplesmente visualizam de forma diferente o compromisso. Enquanto elas pensam em casamento, o vestido, na casa dos sonhos, eles pensam numa relação a longo prazo, em planear as despesas consequentes que são adquiridas ao casar. Os homens em geral  são mais focados e muitas vezes isto é interpretado como sendo imaturidade, na verdade é bem o contrário.

Frieza. As mulheres costumam demonstrar o seu amor de forma natural, mas para os homens é mais complicado. Em certas ocasiões e para certas personalidades introvertidas é difícil de demonstrarem os seus sentimentos, mas isso não quer dizer que não estejam apaixonados.

Noção exagerada. Os homens costumam exagerar as suas histórias. Se dizem que tiveram uma briga e que foi atacado por 5 pessoas, o mais seguro é que tenham criado alguns detalhezinhos a mais para não ver seu orgulho ferido, por esta razão não há que existir surpresa se chegam a contar uma história que mais parece um filme de acção.

Racionalidade. Cientificamente está comprovado que os homens são mais racionais que as mulheres, pois geralmente o hemisfério esquerdo do cérebro, que está relacionado com a lógica, é o que os domina. Por esta razão, têm dificuldades para expressar os seus sentimentos; no entanto, isso converte-os em melhores ouvintes que as mulheres, qualidade que o sexo oposto gosta muito.

Machismo. Por natureza são protectores e provedores, e a maioria dos homens preferem não ser um peso para a sua parceira. Quando um homem não tem uma actividade para fazer fica irritado e se sente incompreendido, porque acha que está perdendo o seu papel masculino.

Sexo. Se dependesse deles faziam sexo todo o dia, ou pelo menos enquanto o físico suportasse. Eles são mais sexuais, razão pela qual em muitas ocasiões esquecem os preliminares e as caricias, pois em certos momentos não acham necessários para criar o momento íntimo.

Alguns conselhos rápidos e úteis.

Sejam directas. Os homens não gostam de que dêem tantas voltas para dizer alguma coisa, o melhor é ser clara, concisa e directa.

Se precisam de algo, peçam. Os homens são péssimos para decifrar indirectas. Se quer um vestido, não diga: – “Que vestido bonito!” É melhor que diga simplesmente que gostou da roupa e gostaria de recebê-lo como presente de aniversário. Pode ter certeza que ele não medirá esforços para dar o presente.

Datas importantes.  Não se aplica em todos os casos, mas a maioria dos homens muitas vezes não sabe nem onde deixou a cueca suja de ontem, e em geral a mulher gostou dele assim mesmo; como então queremos que eles se lembrem de datas e detalhes?

Recordam as suas angústias amorosas. Um mal de todos os homens quando são maltratados por alguma mulher é um sentimento que poucas vezes conseguem superar e isso cria quase sempre medos e inseguranças.

Discussões. Última e mais importante. A mulher pode fazer “de gato e sapato” com o homem que a ama: mentira, greve de sexo, estourar o limite do cartão, visita da sogra, etc. Mas nunca discuta com ele em público, aguarde até chegar em casa para fazer isso. É a maior mostra de desrespeito para um homem que se sente impotente quando isso acontece. Em geral, é o começo do fim.

Fonte:http://www.mdig.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *