Cirurgia plastica barriga

Cirurgia plastica barriga

Ter uma barriga lisa tem sido, ao longo da história, sinónimo de beleza. No entanto, para alcançar esse objectivo é, em muitos casos uma tarefa árdua. O nosso ritmo de vida e nutrição, gravidez e inactividade fazem com que o abdómen se torne flácido e cheio de depósitos de gordura. E remover esta flacidez e gordura armazenada torna-se numa tarefa extremamente difícil ainda mais se somarmos a presença de estrias, então essa missão torna-se quase impossível.

Se você tem pneuzinhos a mais e não quer ficar limitada a algumas peças de roupa, ou se depois da gravidez, ficou com muitas estrias na barriga, e está na dúvida se deve investir numa cirurgia plástica ou numa lipoaspiração?
De um modo geral, quando possui gordura localizada e pequena ou moderada flacidez no abdômen, somente a lipoaspiração resolve o problema.
Mas se houver excesso de pele e estrias na região abdominal inferior, elas poderão ser eliminadas com uma cirurgia plástica á barriga, a denominada abdominoplastia. Se não houver excesso de pele, a abdominoplastia não é indicada e os tratamentos para estrias como lasers, peelings e ácidos são os mais apropriados. As estrias da parte superior do abdômen não podem ser retiradas com a cirurgia.
A Abdominoplastia é uma cirurgia plástica indicada para pessoas que possuem excesso de pele flácida na região do abdômen e corrige abdomens que estão flácidos e com excesso de gordura.

Cirurgia plastica barriga

A finalidade da abdominoplastia é melhorar o aspecto do abdômen e devolver ao paciente o seu contorno corporal, alterado por distensões causadas pela obesidade ou pela gravidez. “O resultado é obtido por meio da remoção do excesso de pele e de tecido gorduroso da parte inferior do abdômen. Além de dar tonicidade à pele esticada, esse tipo de cirurgia reforça os músculos da região e provoca um achatamento do abdômen inferior”explica Penteado, que é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
É importante referir que a cirurgia plástica do abdômen não tem como objetivo o emagrecimento, mas sim de remodelamento do abdômen a partir da retirada do excesso de pele e gordura da região, trazendo de volta a integridade e tonicidade da parede abdominal.

A cirurgia plástica na barriga, é indicada tanto para mulheres como para homens com acumulação de gordura e com dilatação irreversível da pele e da musculatura abdominal e com o principal objectivo de corrigir de maneira funcional ou até mesmo esteticamente o excesso de tecido, seja ele gordura ou até mesmo pele em excesso na região do abdómen.

Para quem é indicada a cirurgia?
– A cirurgia é indicada para as mulheres com boa saúde que têm depósitos de gordura e pele abdominal frouxa, que não mudam com exercícios ou dietas. É particularmente útil para mulheres com estrias ou cicatrizes feias.
– Em pacientes mais idosos com perda de elasticidade da pele e obesidade moderado, esta operação pode alcançar excelentes resultados.
– As mulheres que ainda pensam em voltar a ser mães devem esperar, pois como os músculos abdominais são fortalecidos com esta cirurgia, esta tensão pode ser separada com uma nova gravidez. Se houver cicatrizes de outras cirurgias no abdômen, avaliar cuidadosamente a técnica cirúrgica empregada.

Benefícios da cirurgia plastica barriga
O maior benefício da cirurgia plástica na barriga inclui uma aparência melhorada e, em muitos casos, um nível mais alto de confiança.

Possíveis complicações
Em alguns casos, podem ocorrer complicações tais como: hematomas, as alterações de cicatrizes, as irregularidades nas paredes abdominais, as infecções e os seromas.
Sendo assim, a melhor forma de ficar com o corpo perfeito continua sendo a união entre atividades físicas regulares e a alimentação saudável e equilibrada. Afinal, mesmo que você passe por uma abdominoplastia e não siga essas indicações, poderá voltar a ter a mesma barriga de antes.

A cirurgia tem a duração de três a quatro horas, e pode ser realizada com anestesia peridural, bem como anestesia geral, raramente faz-se uso de anestesia local.

Cuidados pré-operatórios:
Deve ser evitado o tabagismo, ingestão de aspirina e vitamina K, exposição excessiva ao sol antes da cirurgia, especialmente no abdômen e dietas rigorosas, pois estes podem afectar a capacidade de cura.

Volta ao trabalho:
Se tem uma boa condição física, com bons músculos abdominais, a recuperação é mais rápida. Normalmente,  pode voltar ao trabalho após duas semanas.
As cicatrizes podem demorar cerca de um ano para  desaparecerem, apesar de não desaparecer completamente, ao longo do tempo tornam-se menos visíveis. Em qualquer caso, permanecem ocultas para a maioria dos trajes de banho e roupas íntimas. Note-se que existem muitas variações individuais no tipo e na qualidade da cicatriz.