Como escolher o biquíni ideal

Como escolher o biquíni ideal

No verão, um dos mais populares dilemas femininos reside na escolha do biquini ideal. Seja para disfarçar pequenas imperfeições estéticas ou para evidenciar uma parte específica do corpo, a verdade é que a escolha do biquini tem algumas orientações para que se possa atingir o visual desejado. Veja todas as dicas abaixo e arrase na praia!

Como escolher o biquíni ideal

Seios pequenos: para disfarçar seios pequenos, nada melhor do que investir em modelos tomara-que-caia que criam um efeito visual de maior preenchimento ao nível do peito. Para quem se enquadra nesta situação, as estampas, aplicações e detalhes estão aprovadas.

Seios grandes: para proporcionar maior conforto e sustentação ao peito, as mulheres com seios grandes devem evitar, tanto quanto possível, os modelos tomara-que-caia e os que possuem alças de largura fina. Os padrões e estampas são desaconselhados neste caso, já que atraem a atenção do olhar e evidenciam o que se pretende disfarçar.

Quadril largo: o quadril largo leva a que a atenção visual fique concentrada na parte superior do corpo, sendo que em baixo deverá optar por peças sem estampas e, preferencialmente, de cores escuras.

–  Quadril fino: contrariamente às mulheres que possuem coxas largas, quem tem quadril estreito pode ‘usar e abusar’ de recursos que chamem a atenção para a parte de baixo. Assim, escolha peças que tenham padrões, estampas, laços ou outro tipo de aplicações igualmente válidas.

Pneuzinho: para quem tem o abdómen saliente, é conveniente apostar em cuecas lisas e/ou de cores escuras e, preferencialmente, mais subidas ao nível da cintura. Como alternativa ao bikini, os maiôs de banho podem assumir-se como uma opção elegante e discreta.

Costas largas: evite escolher bikinis de amarrar ao pescoço e, em vez desses modelos, opte por aqueles que lhe permitem cruzar as alças nas costas ou usá-las de forma recta.

 Cintura fina: as mulheres com cintura fina podem criar um efeito visual agradável mediante a escolha de cuecas mais largas e de cintura baixa, conjugando-as com partes de cima que possuam bojo – facto que permite criar um conjunto bonito e harmonioso.