Depilação ou Epilação??

Os pêlos indesejáveis são um problema estético que afecta tanto homens como mulheres. Ambos procuram formas de os eliminar.
A depilação remonta a tempos antigos, desde Cleópatra. Já nesse tempo, pessoas de ambos os sexos, procuravam desfazer-se da sua pilosidade. Os egípcios foram os primeiros a utilizar a cera de abelhas, ingrediente que originou a depilação com cera tão nossa conhecida. No entanto, é no século XX que a depilação se torna mais utilizada devido à beleza estética, mas também por motivos de higiene.
A maioria das pessoas diz “depilação”, mas poucos sabem o que é verdadeiramente, pois existem a depilação e a epilação.
Depilação é o acto de cortar o pêlo, deixando a raiz no interior da pele (utilizando lâminas ou cremes depilatórios, por exemplo) e epilação é o acto de arrancar o pêlo pela raiz (com cera, com pinça, etc.). Porém, a palavra depilação é banalmente utilizada para os dois casos.
Quando se corta o pêlo, deixando a raiz no interior da pele, este cresce mais rapidamente e mais forte, e a pele fica seca e com irritações cutâneas. No caso da epilação, em que o pêlo sai, assim como a sua raiz, o crescimento do pêlo é mais demorado, a pele fica mais macia, e quando o pêlo volta a nascer, aparece mais fino e frágil, podendo, em algumas zonas, com a contínua remoção do pêlo, não nascerem mais pêlos.
A forma mais conhecida para se arrancar o pêlo pela raiz é utilizando a cera. Contudo, há que ter também em conta os tipos de cera e os tipos de pele. Hoje em dia há um leque de escolhas no que diz respeito às ceras. Há umas mais apropriadas para peles sensíveis, outras com aromas, outras com propriedades hidratantes, outras para peles secas, etc. Aqui ficam alguns exemplos:
Cera Mel – A mais conhecida e utilizada nos dias de hoje. Da cor do mel é indicada para qualquer tipo de pele e de pêlo.
Cera Azuleno – Cera de cor azul escura e é indicada para peles sensíveis.
Cera Rosa – Elástica e óptima para peles sensíveis. Muito utilizada também.
Cera de Chocolate – Cera que apareceu recentemente. De cor acastanhada, é utilizada pelos amantes de chocolate devido ao seu agradável aroma. Boa para qualquer tipo de pele, mas essencialmente para peles secas visto o chocolate ter propriedades hidratantes.
Cera de Azeite de Oliveira – Boa para hidratar a pele. Aconselhada a pessoas com pele sensível e desidratada.
Cera Marfim ou Branca – De muito boa qualidade. As pessoas com peles sensíveis poderão usar também esta cera, sendo ela boa para qualquer tipo de pele.
Ceras de Camomila, Algas, Hortelã e Laranja – Ceras calmantes. De origem vegetal, são excelentes para peles delicadas e sensíveis.
Cera de Vinho – Cera de cor bordeaux com propriedades hidratantes e refirmantes, utilizada também em pessoas com pele seca e sensível.
Cera de Aloé Vera – Enquanto arranca o pêlo, hidrata também a pele. Boa para pessoas com sensibilidade cutânea e pele desidratada.

Para além da cera, existem outros métodos para livrarmo-nos dos pêlos, mas disso falarei noutro dia.
Seja qual for a opção pretendida, deve fazer-se a depilação com profissionais competentes e experientes, para que não haja acidentes. Antes e depois da depilação/epilação, seja qual for a técnica utilizada, deve evitar-se a exposição solar. Outra boa dica é esfoliar a área a ser depilada, a esfoliação levanta os pêlos e ajuda a desencravá-los. Depois da depilação/epilação a pele fica avermelhada e sensível, por isso, deve evitar usar-se vestuário apertado, pois a pele precisa respirar. Não esquecer também de se colocar um bom creme pós-depilatório ou um creme protector.

Até à próxima mulheres modernas.
Calita M.

www.facebook.com/PuroEstiloClientes