Sobre a energia do Outono

http://www.fulloma.com/tag/autumn-cold/
(c) fulloma.com

“As forças do Outono criaram a secura no Céu e o Metal na Terra; criaram o órgão pulmão e a pele no corpo … e o nariz, e a cor branca, e o sabor picante… a emoção da dor e o som do choro.”

Nei Jing, Clássico de Medicina Internado Imperador Amarelo

O Outono é a estação das colheitas, tempo de recolher a todos os níveis. É tempo de colher o que semeámos e cresceu nos últimos seis meses: projectos, relacionamentos, saúde e dinheiro. É tempo de armazenar combustível, alimentos, e agasalhos para o Inverno que se aproxima. Tudo na natureza inicia uma contracção. É a época de queda das folhas e frutos, as sementes secam, a seiva das árvores dirige-se para as raízes. As gramíneas perdem a sua cor verde forte e tornam-se leves e secas. Há abundância de frutos e sementes. É um tempo para abandonar projectos acabados e nos dedicarmos à família e projectos em casa, tais como ler, escrever, contemplação, cozinhar. Desenvolve-se a organização e a coragem. É tempo de nos dedicarmos a actividade física interna (Tai Chi, Yoga, Chi Kung, dança) que nos vai ajudar a respirar melhor e relaxar. Devem-se evitar alimentos amargos que enfraquecem os pulmões. A saúde dos pulmões reflete-se na pele e no cabelo (que tende a cair no Outono)… No Outono celebramos a abundância das colheitas, há abundância de uvas, peras, maçãs, diospiros, castanhas, frutos secos, frutos vermelhos, abóboras… A alegria contraria a dor 🙂 (C)  http:\\reikianaluisa.com (descontos para subscritoras Sou Mulher)

Referências:
Haas E.M., Staying healthy with the seasons, Celestial Arts, 2003
Pitchford P., Healing with whole foods: Asian traditions and modern nutrition, North Atlantic Books, 2003.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *