Espelho meu, Espelho meu

*“Mirror mirror on the wall, who is the fairest of them all?”*

A beleza é cada vez mais um bem essencial para o nosso bem-estar, pois influencia a nossa auto-estima, que por sua vez, irá reflectir-se no modo como vimos o mundo e nos relacionamos com outros.

Mas o que é a beleza?

Para umas passa por vestir o “small” ou ter uma copa “D”, para outras passa por não ter acne, ter outra cor e tipo de cabelo, ou simplesmente, não ter celulite. A verdade é que vivemos constantemente a ser relembradas do que não somos e não temos, ficando obcecadas e até mesmo deprimidas com tal realidade, em vez de estarmos agradecidas pelo que temos e aprendermos a amarmo-nos como somos.

Ninguém é perfeito, todos temos “defeitos de fabrico” e são essas imperfeições que nos definem. Sim, algumas coisas podem ser alteradas, como por exemplo, o tamanho da roupa que usas, mas isso não invalida o facto de teres o dever de te amar a ti mesma. É importante aceitarmo-nos como somos, de forma a termos a força necessária para mudar. Não basta ter a visão, é preciso aceitar a realidade e definir a razão pela qual queremos mudar. Só assim conseguimos a determinação e força de vontade para alcançar o que
quer que seja.

Olha-te no espelho e diz: *“Eu amo-te, quero ver-te sempre feliz, sorridente e com a autoestima elevada, por isso a partir de hoje tudo muda.
Hoje um “Snickers”, amanha um “Ferrero Rocher””.* Quando deres por isso, mudaste o que não gostas e aceitaste o que não tem solução.

Amarmo-nos a nós mesmos é o primeiro passo para alcançarmos a verdadeira beleza.

Angie S.

http://angiesauthor.weebly.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *