Problemas para que vos quero!

Minhas queridas amigas, eu sei que gosto muito de brincar e ironizar alguns aspetos da vida, mas há outros que me deixam a cabeça à roda e que levam tempo até que eu sinta que rir é o melhor remédio!

Recentemente num fórum que por vezes particípio (ainda não percebi  muito bem porquê, acho que mesmo só para passar o tempo!) colocou em discussão algo como: diga lá o que lhe aborrece, e vamos agora todos desabafar para aqui e cada um opina!

Já imaginam o que aconteceu, todos falam falam mas poucos são os que dão conselhos e ajuda.

Ora bem, uma das coisas que eu vou sentido nos últimos tempos é que toda a gente se quer fazer ouvir, mas poucos são os que ouvem! Nunca deram por vocês a gritar em silêncio, sentindo uma enorme barulheira no vosso íntimo porque os outros não estão nem aí? Só mesmo o psicólogo que é pago para o fazer nos escuta!

Tenho saudades do tempo da melhor amiga, de lhe contar tudo no recreio da escola ou passar horas ao telefone a conversarmos sobre os nossos mais recentes problemas! Se bem que nessa altura não havia jogo de saltar ao elástico que não pusesse fim ao sofrimento!

Tema de hoje: pelo que sofremos nós mulheres?

Que se acuse aquela que nunca sofreu por amor: porque ele a deixou, porque ele nunca gostou, porque ele tinha outra, porque ele mentiu; porque ele não os teve no sítio e preferiu magoar-nos?
Aquela que nunca se sentiu gordinha e passou grande parte do seu tempo frustrada porque “precisa” de ser como todas as outras que são capa de revistas e parecem sempre felizes com a vida!
Aquela que é mãe, e que conhece a reviravolta que a nossa vida leva com isso?

Hoje escrevo motivada por um acontecimento mau na minha vida, daqueles que nos faz repensar a vida, as nossas atitudes e a crença que temos nos outros! Hoje eu preciso de ir aquele fórum e dizer que estou possessa com fulano e sicrano, mas preciso que me OIÇAM!

Moral da história: amigas, não se permitam magoar por tudo e todos, ganhem as vossas defesas, procurem lutar pela vossa segurança e auto estima. Não deixem que ninguém destrua aquilo que têm de maravilhoso que é a vossa alma e o coração. Lembrem-se que todas temos problemas e todas gostamos de colinho, por isso um dia dá uma noutro dia dá outra! Vamos ser amigas! Muitas vezes conversar com alguém ajuda a que consigamos ver e analisar a situação com novos pontos de vista que nos auxiliam a fazer o que tem que ser feito, por isso Teimosia não é a melhor opção:)

Conselho de amiga: não há choradeira que não resulte em olhos inchados no dia seguinte, por isso façam um bom make up e bora lá que há mais um dia para viver!

Beijos

marjô rouge (miss happy)