Quem te fez Mulher?

mulher_de_costas

Então e queres dizer-me quem te inventou? Quem te pôs no mundo, assim em forma de mulher? – Quis ele saber.
Eva sentiu uma névoa de timidez cobrir-lhe o rosto, corando-lhe a pele pálida. Baixou o olhar, e não ousou responder. Entrelaçou os dedos, finos e compridos, e pousou-os no colo. Não lhe era fácil a resposta.
– Porque me atormentas com as linhas do teu corpo? – Continuou ele.
Eva deixou que o silêncio da primeira pergunta se estendesse à segunda. Sentiu-lhe a confusão, disfarçada de doçura na voz. Manteve os olhos baixos.
– Porque me enfeitiças com palavras? Hã?… Fala-me mulher! – Disse exasperado, sentindo o tormento de ter – na sua frente – uma mulher, mesmo que tímida e sem voz.
Eva permitiu-se erguer a face, deixando que o brilho dos seus olhos o encadeassem, dos lábios esboçou um leve e terno sorriso, como se por fim, tivesse encontrado a resposta. Levantou-se e pegou-lhe nas mãos, paralisando-o. Fitou-o intensamente e começou:
– Adão, talvez o nosso criador estivesse errado quando decidiu criar-me assim, em forma de mulher, como tu dizes, mas -talvez – compreenda o seu erro; quando carrego no meu ventre, um filho teu. Quando acendo a lareira para te aquecer, em noites de frio. Quando te preparo o jantar e o tempero ao teu gosto, quando tens febre e te arrefeço a testa, quando queres chorar e te tomo as lágrimas, quando te enfureces e com carícias te acalmo, quando me chamas de mulher e eu, simplesmente, te respondo: – Estou aqui!
Adão bebia das suas palavras sem respirar.
Eva continuou:
– Talvez tenha sido um erro do criador, mas é por causa desse mesmo erro, que me tens aqui… E que soberbamente, me apelidas de Mulher, quando, no fundo, me devias apelidar de Mais que Mulher!

Feliz dia da Mulher

Autora: Carla Pais

http://decarlapais.wordpress.com/